Pular para o conteúdo principal

Quando resolvemos arrumar a "casa"

Mulher não desiste, se cansa. A gente tem essa coisa de ir até o fim, esgotar todas as possibilidades, pagar pra ver. A gente paga mesmo. Paga caro, com juros e até parcelado. Mas não tem preço sair de cabeça erguida, sem culpa, sem “e se”! A gente completa o percurso e às vezes fica até andando em círculos, mas quando a gente muda de caminho, meu amigo, é fim de jogo pra você. Enquanto a gente enche o saco com ciúmes e saudade, para de reclamar e agradece a Deus! Porque no dia que a gente aceitar tranquilamente te dividir com o mundo, a gente não ficou mais compreensiva, a gente parou de se importar, já era. Quem ama, cuida! E a gente cuida até demais, mas dar sem receber é caridade, não carinho! E estamos numa relação, não numa sessão espírita. A gente entende e respeita seu jeito, desde que você supra pelo menos o mínimo das nossas necessidades, principalmente emocionais, porque carne tem em qualquer esquina. Vocês nem sempre sabem, mas além de peito e bunda, a gente tem sentimentos, quase sempre a flor da pele. Somos damas, somos dramas, acostumem-se. Mulher não é boneca inflável, só tem quem pode! Levar muitos corpos pra cama é fácil, quero ver aguentar o tranco de conquistar corpo e alma, até o final.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Quando pensei que já sabia todas as respostas, veio a vida e mudou todas as perguntas.

" Sou eu quem desenho meu futuro com as minhas ações e as causas que faço." 

                                                                                                - ( Daisaku Ikeda )

sou eu quem desenho meus sorrisos, minhas expressões, meus pensamentos, atos e palavras.
E a você cabe a forma como ira fazer isso também, só então lhe poderás ver meu melhor sorriso, meu brilho no olhar e sei lá o que falaria o mundo da tantas voltas!
É preciso correr riscos, seguir certos caminhos e abandonar outros. Nenhuma pessoa é capaz de escolher sem medo.












E tudo passa... adoro esse

Um dia, então, você percebe que aquilo não te faz sofrer como antes. Ainda te afeta, mas aquela vontade de se trancar no quarto e chorar durante horas já não existe mais. É somente um desconforto, algo como a dor de uma picada de agulha, que já não é notada quando se desvia o pensamento e concentra-se em outra coisa. Essa efemeridade é o que te dá a certeza de que logo não haverá mais dor, por mais ínfima que seja, ao voltar a olhar para essa lembrança. Haverá apenas mais um pensamento insignificante entre tantos outros, uma experiência a mais em sua vida que te tornou mais forte e sábia.
                                            (Layanne Rezende)

honra e distinção

Semana Santa,
semana da vitória da vida sobre a morte para muitas religiões essa semana significa muito, tempo de orar, vigiar e lembrar de tudo o que o filho de Deus nos deu e sofreu até a vitória sobre a morte.
 Oferecer o que temos de melhor é pouco diante de tudo que já recebemos.


Que nos lava dos pecados, Que nos trás restauração, Nada além do sangue de Jesus.