Pular para o conteúdo principal

Sou !?

 
 
 
 
 
 
 
 
Era uma vez uma ilha, onde moravam os seguintes sentimentos: a alegria, a tristeza, a vaidade, a sabedoria, o amor e outros.
Um dia avisaram para os moradores desta ilha que ela ia ser inundada. Apavorado, o amor cuidou para que todos os sentimentos se salvassem; ele então falou:
_ Fujam todos, a ilha vai ser inundada.
Todos correram e pegaram seu barquinho, para irem a um morro bem alto. Só o amor não se apressou, pois queria ficar um pouco mais na ilha.
Quando já estava se afogando, correu para pedir ajuda.
Estava passando a riqueza e ele disse:
- Riqueza, leve-me com você.
Ela respondeu:
- Não posso, meu barco está cheio de ouro e prata e você não vai caber.
Passou então a vaidade e ele pediu:
- Oh! Vaidade, leve-me com você.
- Não posso você vai sujar o meu barco.
Logo atrás vinha a tristeza.
- Tristeza, posso ir com você?
— Ah! Amor, estou tão triste que prefiro ir sozinha.
Passou a alegria, mas estava tão alegre que nem ouviu o amor chamar por ela. Já desesperado, achando que ia ficar só, o amor começou a chorar.
Então passou um barquinho, onde estava um velhinho.
- Sobe, amor que eu te levo.
O amor ficou tão radiante de felicidade que esqueceu de perguntar o nome do velhinho.
Chegando no morro alto onde estavam os sentimentos, ele perguntou à sabedoria:
- Sabedoria, quem era o velhinho que me trouxe aqui?
Ela respondeu:
- O tempo.
- O tempo? Mas, por que só o tempo me trouxe aqui?
- Porque só o tempo é capaz de ajudar e entender um grande amor.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Quando pensei que já sabia todas as respostas, veio a vida e mudou todas as perguntas.

" Sou eu quem desenho meu futuro com as minhas ações e as causas que faço." 

                                                                                                - ( Daisaku Ikeda )

sou eu quem desenho meus sorrisos, minhas expressões, meus pensamentos, atos e palavras.
E a você cabe a forma como ira fazer isso também, só então lhe poderás ver meu melhor sorriso, meu brilho no olhar e sei lá o que falaria o mundo da tantas voltas!
É preciso correr riscos, seguir certos caminhos e abandonar outros. Nenhuma pessoa é capaz de escolher sem medo.












E tudo passa... adoro esse

Um dia, então, você percebe que aquilo não te faz sofrer como antes. Ainda te afeta, mas aquela vontade de se trancar no quarto e chorar durante horas já não existe mais. É somente um desconforto, algo como a dor de uma picada de agulha, que já não é notada quando se desvia o pensamento e concentra-se em outra coisa. Essa efemeridade é o que te dá a certeza de que logo não haverá mais dor, por mais ínfima que seja, ao voltar a olhar para essa lembrança. Haverá apenas mais um pensamento insignificante entre tantos outros, uma experiência a mais em sua vida que te tornou mais forte e sábia.
                                            (Layanne Rezende)

honra e distinção

Semana Santa,
semana da vitória da vida sobre a morte para muitas religiões essa semana significa muito, tempo de orar, vigiar e lembrar de tudo o que o filho de Deus nos deu e sofreu até a vitória sobre a morte.
 Oferecer o que temos de melhor é pouco diante de tudo que já recebemos.


Que nos lava dos pecados, Que nos trás restauração, Nada além do sangue de Jesus.